Read more" />

Equipa portuguesa nas X Olimpíadas Iberoamericanas da Biologia arrecada 1 medalha de prata, 2 de bronze e um diploma

A equipa portuguesa presente nas Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia, realizadas em Brasília, no Brasil, conseguiu a melhor prestação de sempre ao conquistar uma medalha de prata, duas de bronze e um diploma de mérito.

Os alunos premiados foram Maria Soares Portela, medalha de prata, aluna da Escola Secundária Carlos Amarante, em Braga; Eduardo Tavares, da Escola Básica e Secundária de Ermesinde, e Filipa Osório, da Escola Secundária São Pedro, de Vila Real, conquistaram medalhas de bronze; finalmente Ricardo Lage, da Escola Secundária E.B. 2/3 D. Filipa de Lencastre, em Lisboa, conseguiu um diploma de mérito.

Esta foi a 7.ª participação portuguesa nas dez edições das Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia. Nestas décima edição das olimpíadas, que decorreram no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília, participaram 12 países: Argentina, Brasil, Bolívia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, México, Peru e Portugal.

Na chegada ao Aeroporto Humberto Delgado, com direito a recepção por familiares, amigos, membros da Direção da Ordem dos Biólogos e pelo Senhor Secretário de Estado da Educação, Doutor João Costa, este felicitou os estudantes, seus familiares, a organização das Olimpíadas de Biologia e as escolas portuguesas pelo trabalho realizado. Um agradecimento muito especial ao Senhor Secretário de Estado por se ter deslocado propositadamente ao aeroporto às 06:00 de um Domingo e por nos ter transmitido também as felicitações de Suas Excelências o Senhor Primeiro Ministro e o Senhor Ministro da Educação.

Um agradecimento especial também à tripulação do voo TP58 da TAP Air Portugal que, como homenagem aos nossos jovens olímpicos, lhes ofereceu experiências inesquecíveis durante a viagem e a aterragem.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *